The Olympian Code

Estábulos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Estábulos

Estábulos

É onde os pégasos do acampamento vivem. Uma grande estrutura de madeira, dividida em vários compartimentos espaçosos para preservar tanto a organização quanto o conforto dos pégasos. Montanhas de Feno se acumulam em alguns cantos, bem como os cantis d'água.

Os pégasos do acampamento, vez outra, são cedidos para alguns semideuses que saem em missões externas, desde que esses dominem a arte de montá-los. Alguns semideuses mais experientes dão aulas para os mais novatos e outros cuidam da manutenção do estábulo. Os mais novatos e prestativos também fazem a limpeza do local.

- Os semideuses podem postar treinos de equitação. Dependendo do desempenho podem ganhar até 50 de experiência e +1 ponto de habilidade. Ao atingirem 30 pontos de habilidade, poderão requisitar os pégasos como transporte para missões externas!

~ Os semideuses que tiverem um mascote também podem adestrá-los aqui, convivendo, brincando ou até ensinando truques. Nesses treinos, só o mascote ganha experiência, que pode variar de 0 até 100xp.

~ Os semideuses que limparem o estábulo podem ganhar até 50 dracmas ou dólares + 1 ponto de perícia. O semideus vede informar se qual moeda quer ganhar.

The Olympian Code

Mensagem por Poseidon em 07/11/13, 01:28 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

Quando soube dos pégasos, a primeira coisa que fiz foi correr até os estábulos para marcar uma aula, imagina que legal andar num cavalo com asas, além do mais, como não me lembrar de Cavaleiros do Zodíaco? Será que os Pégasos enquanto voam, ficam pisoteando os outros pensando "Meteoro de Pégasos!" ou eles fingiam cair diretamente em cima de alguém feito um camicaze?
Assim que cheguei no Estábulo, vi uma garota que estava com uma prancheta e uma caneta rosa, bem, mas bem chamativa, igual a roupa dela, que a deixava de um jeito, por assim dizer, Linda demais. Quase babei, porém balancei a cabeça, cutuquei ela e sorri.
-Ei, esses pégasos fazem o Meteoro de Pégasos?
Perguntei num tom de dúvida, meio que tentando falar a verdade, ela deu uma risada e balançou a cabeça.
-Se você soubesse quantas pessoas me perguntaram isso.... Ficaria surpreso.
Não evitei notar que um sorriso também apareceu no meu rosto, fiquei olhando para ela, até voltar ao "Planeta Terra" e falar.
-Gostaria de marcar uma aula, como faz?
-Só me falar seu nome que acho um horário.-Ela disse com um sorriso simpático.
Afirmei com a cabeça, para mostrar que havia entendido.
-Kurt, qualquer coisa só ir no Chalé 11.
Ela afirmou com a cabeça, escreveu algo na prancheta e colocou a mão para a frente, para eu aperta-la. Tirei a mão do bolso e apertei a dela, depois voltando-a ao bolso.
-Hm, desculpe por perguntar, -Ela falou meio tímida-mas você é filho de quem?
Franzi o cenho e tirei a mão do bolso, olhando para a caneta dela.
-Desculpe, é um costume....
Pelo olhar dela, não precisei responder, mas acabamos caindo numa gargalhada, quase ficando vermelhos. Ela me disse para voltar em meia hora que teria um horário vago, assenti com a cabeça e voltei para o meu chalé.
Depois de meia hora se passa, que passei extremamente ansioso, voltei para o estábulo, já pronto para cavalgar, ou voar, ou seja lá o que se faz com Pégasos. A garota já estava dentro de um dos locais onde os pégasos ficavam, arrumando uma sela em cima dela, não demorando para me notar.
-Ah, olá Kurt. Estou preparando a garota aqui e já vamos, ok?
Assenti e depois de alguns minutos, já estávamos em cima do pégaso, ela sentada atrás de mim, não deixei de falar.
-Não vai ser tipo Titanic, né?
Ela deu uma risada e negou com a cabeça, pegou as rédeas e mexeu elas devagar, como se fosse uma ordem.
-Bem, basicamente-Ela explicou-você pega as rédeas apenas para controlar o caminho. Direita para a direita, esquerda para esquerda, puxe para cima e largue para pousar, entendeu?
Rapidamente começamos a voar não muito alto, ela puxou as rédeas e fez círculos, depois passou para mim, eu peguei as peguei meio tenso, deixando minhas mãos ficarem menos tensas, comecei a puxar devagar para a direita vendo que o pégaso é extremamente bondoso e reage perfeitamente aos meus movimentos, depois parei um pouco, respirando devagar e puxei para a esquerda, fazendo ele formar círculos devagar. Depois de terminar o círculo, puxei a rédea fazendo o pégaso subir devagar, com cuidado para não acabar caindo para trás, extremamente feliz, depois que subiu o suficiente pra ela dizer que já estava bom, soltei a rédea e deixe o pégaso descer até pousar.
Descemos dele, eu extremamente feliz, fui para o Chalé ansioso para a próxima aula.

Mensagem por Kurt C. Ackles em 17/12/13, 07:11 pm

Kurt C. Ackles
avatar
Proles de Hermes
Proles de Hermes

Warm :
Mensagens : 77
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 19
Localização : Vendendo minhas coisas com o Tio Popo

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

40xp + 1 ponto de Habilidade.

Mensagem por Poseidon em 17/12/13, 07:28 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos




Pela primeira vez na minha vida acordar com o sol batendo em minha face havia sido a pior coisa do mundo. Eu só podia ter acordado com a pá virada, porque de um jeito bem estranho eu havia sido designada para limpar os estábulos. Bufei internamente me lembrando  de como havia parado nessa burrada.

“ Estávamos todos os campistas reunidos no refeitório em uma reunião onde os monitores de chalés dividiam as listas do que devia ser feito. Até que chegou o maldito tópico ‘limpar os estábulos’, eu estava muito distraída saboreando um daqueles gostosos morangos quando ouvi uma série de ‘eu não’ vindo por parte de todos.
- Veronika, este trabalho é seu. – dissera meu irmão. No começo eu até não tinha ligado para essa tarefa, isso até dar de cara com os estábulos.”


Adentrei os estábulos, os animais estavam inquietos, pois o chão estava sujo. O fedor era tão grande que sem sombra de dúvidas minhas sobrancelhas haviam sido queimadas. Realmente o lugar estava um tanto... fedido. Sim, era essa a palavra certa. Ri baixinho de minha desgraça, novamente o vício por algo doce havia me colocado em enrascadas. Maldito vício, por isto havia dado um tempo nos doces, mesmo que pouco.

-Certo bichinhos, vamos dar um trato aqui na casa de vocês! – Suspirei pesarosa, tinha dito isto mais para mim do que para os animais.

Andei até uma cabana com ferramentas, para pegar os materiais de limpeza. Já com todos os materiais na mão, decidi que o primeiro passo seria tirar os pégasos e cavalos de lá, um a um, fui puxando delicadamente pela corda. Levei-os para um pasto, lá os banharia, pois estavam sujos e fedorentos.

Liguei uma mangueira e molhei-os um por um, os mesmo fiz com o sabão. Ensaboei-os e, em seguida, enxaguei-os. Por fim, deixei eles no pasto, secando enquanto comiam.

Voltei aos estábulos de madeira. Liguei um som que havia ali e sintonizei em uma rádio cujas músicas eram animadas, se ia dar uma de empregada faria com estilo. Procurei pela vassoura e, cantando e dançando, varri o chão de madeira retirando bolos de serragem suja e fedida. E, com as mãos protegidas por uma luva, juntava os “bolos de serragem” e colocava em um saco de lixo. Em pouco tempo, vários sacos preto e enormes, já estavam bem cheios, agora me restava lavar aquele chão de madeira.

Fui atrás da mangueira que havia usado para lavar os cavalos, quando voltei ela já estava ligada. Molhei, parcialmente, o local e joguei o sabão em pó por cima. Procurei por um esfregão e comecei a espalhar o sabão, depois de um bom tempo esfregando o chão para tirar o “grude” e o odor, é que procurei por um rodo para tirar toda a espuma do lugar e, finalmente, enxaguar. Já tinha passado duas horas ali dentro, o som estava no volume máximo e não me importava com aquilo. Gostava de estar sozinha e ali, eu não só estava sozinha como também podia dançar e cantar à vontade, e claro que sem morrer de vergonha. Enxaguei, dancei e me sujei. Por fim, os estábulos estavam quase brilhando, podia considerar meu trabalho quase perfeito. Agora vinha mais um passo, teria que secar o piso de madeira. Respirei fundo e procurei por um copo com água, minha garganta estava seca. Mas não era apenas por água que minha boca pedia, eu queria doces, entretanto me recusava a tê-los.

- Ah, que os deuses me deem força... – murmurei numa prece.

Novamente me apossei do rodo, desta vez acompanhado por um pano bem sequinho. Sequei tábua por tábua, trocando de pano a cada cinco tábuas. Repeti o serviço até que o local ficasse consideravelmente seco. Olhei para as paredes, também de madeira, e suspirei tristonha. Estavam um tanto sujinhas! Com um auxílio de um pano mergulhado em um lustra madeira poderoso, acompanhada por uma força de vontade incomum, eu esfregava agilmente todos os cantos possíveis daquela parede de madeira. E com um rodo acompanhado por um dos panos, limpei as partes que eu não podia alcançar.

Àquela altura eu estava encharcada de suor, meus braços e pernas doíam incomodados com tamanho esforço o qual não estava tão acostumada, sinceramente eu deveria ter prestando atenção ao que ocorria. Saí dos estábulos em busca de um pouco de sol e ar puro, após alguns minutos voltei aos estábulos. Reuni todos os equipamentos utilizados para cavalgar para fora. Lavei o equipamento e quando terminei deixei-os no sol, secando. Por volta de, mais ou menos, uma hora, tudo já estava seco e em seus devido lugar. Por fim, fui buscar feno.


(...)


-Puxa, que negócio pesado... – eu murmurava a mim mesma, enquanto pegava um grande bolo de feno.

-Quer ajuda? – uma voz masculina e conhecida perguntou.

Como não pude ver quem era, e realmente precisava, murmurei -Preciso sim, tenho que levar vários bolos de feno para o estábulo

-Certo, vou buscar ali.

Eu e o rapaz que ainda não sabia quem era, após várias idas e vindas, finalmente havíamos colocado feno suficiente para todos os pégasos e cavalos. Sentei-me no chão, absolutamente cansada.

-Muito obrigada, – finalmente levantei a face para encara a pessoa e reconheci-o, era... -Alec!

Ele sorriu.
– quer ajuda para mais alguma coisa?

Enxuguei o suor da testa.

-Não, tudo bem, e daqui a pouco vai ser hora do jantar, não precisa se atrasar por minha culpa, já estou acabando.

Após vê-lo se distanciar, fui em busca dos cavalos. Eles estavam imundos quando os observei entre uma saída e outra de dentro dos estábulos, então, imaginei que ainda tivesse de lavá-los novamente, mas quando cheguei, estavam todos limpos, e perto do último, um garoto estava abaixado, limpando-o.

-Olá... hãn, não precisava limpá-los.

Quando ele se levantou, levei um susto! Era Ming, que sorria, colocando o pano e o balde nas mãos.

-Bem, eu passei por aqui e vi que precisava de uma ajudinha, você é preguiçosa, mas é esforçada, não é Veronika? – ele comentou divertido.

Corei. Sim, por mais que odiasse trabalhar gostava de dar o máximo de mim e deixar tudo bem feito. E não conseguia parar até me dar por satisfeita. Eu estava sem forças para continuar conversando, de modo que guardamos os cavalos, juntos, e repusemos vários cubos de açúcar - alguns eu até comi, para aliviar a abstnência por doces - e maças. Despedimo-nos rapidamente, pois já estava quase na hora do jantar.
thanks juuub's from @bg !

Limpeza forçada... ç.ç
Post: 001
Taggeds: Alec, Ming, galera do camp.
Wear: Short jeans velhos, uma regata preta e all stars.
Place: Estábulos.

_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 19/12/13, 11:53 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

50 dólares + 1 ponto de força.

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] God of Sea [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Best Dad [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Íris  [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Lord Poseidon

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Sign by [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mensagem por Poseidon em 20/12/13, 08:39 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

Headstrong to take on anyone ❝ lari ❞
E
ste era o primeiro dia após duas semanas que havia chego ao acampamento, o dia estava lindo, nuvens pairavam pelo céu sendo arrastadas pela brisa suave que batia no rosto dos semideuses que faziam suas atividades rotineiras. Já eram exatas 13:02 quando me levantei de minha cama e percebi que estava quase atrasado para meu primeiro trabalho no acampamento meio-sangue, que seria limpar os estábulos, afinal, eu precisava ganhar uns trocadinhos para me preparar para futuros treinos na arena e quem sabe até mesmo algumas missões.
"Hoje sera o meu primeiro dia aqui." - foi o pensamento que acordei no dia. Me levantei aos pulos de minha cama, fui a uns dos banheiros do chalé, da maioria dos banheiros do chalé, apenas dois ou três estavam livres para uso. Corri em direção a um com minha muda de roupas em mão e tomei meu banho e escovei meu dentes, penteei o cabelo e estava pronto. Uma bermuda simples surrada e uma camiseta regata que deixava transparecer os músculos não tão grandes, porem definidos que haviam em meus braços e ombros.
No caminho dos estábulos passei no refeitório e peguei uma taça descartável cheia de coca-cola e um pacote de doritos, apenas para não passar fome antes de começar o trabalho.
Quando cheguei no local do trabalho já eram 13:46. Estava exatamente 6 minutos atrasado, me desesperei. Corri pelo estábulo observando todos os lugares que deviam ser exatamente limpos, seria uma coisa trabalhosa para um semideus que nunca havia ajudado em casa, mas para mim que já tinha uma certa experiencia em cuidar de casa não seria tão complicado.
Corri e peguei uma mangueira e uma vassoura. Tirei um dos pégasos de seu estabulo e o prendi em um "pilar" de madeira próximo, retirei o feno dali e os joguei no lixo. Joguei a aguá forte no chão para retirar os excrementos deixados pelos cavalos alados, varri os mesmos para uma pá e os jogueis no lixo próprio para isso, pegava um punhado de feno e os colocava com delicadeza no canto das "casinhas" dos animais. Repeti isso por mais ou menos três vezes, mas para a minha sorte... apenas um deles estava com um pégaso, os outros deveriam estar em missões ou vai se saber lá onde.
Após isso, sentei na frente do estábulo para retomar um pouco de ar puro para meus pulmões. Voltei ao trabalho, afinal, a unica coisa que faltava era a organização. Peguei os dois pégasos que estavam presos as estacas de madeira e os coloquei em seus devidos locais e tranquei os mesmos para que desfrutassem de seu feno. Peguei a mangueira e a vassoura e os coloqueis em seus devidos locais, juntamente dos dois sacos de lixo que havia enchido de feno e um de excrementos.
Quando terminei tudo, me senti orgulhoso... não havia acontecido nenhum desastre no meu primeiro dia de trabalho, mas não poderia relaxar, uma vez ou outra isso poderia acontecer e eu deveria estar preparado para uma bronca... mas não hoje. Voltei ao meu chalé para tomar um banho e tirar o fedor de "fezes" de cavalos com asas.

Etón Clesse

Mensagem por Convidado em 22/12/13, 09:24 pm

Convidado

Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

30xp + 1 ponto de Habilidade.

Por favor, pode corrigir seu template, depois?

_________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] God of Sea [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Best Dad [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Íris  [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Lord Poseidon

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Sign by [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mensagem por Poseidon em 23/12/13, 09:31 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

Depois de um tempo de ter passado minha missão na floresta, voltei meio que exausto da Floresta, mas não o suficiente para deitar e dormir facilmente, teria que fazer algo para me cansar um pouco mais e voltar para o chalé totalmente cansado e simplesmente deitar para dormir por um longo, longo tempo, como diria minha vó “Cair nos braços de Morfeu.”, que agora eu sei que é verdade. Tive uma idéia extremamente boa, ir ter aulas de montaria de pégasos, seria uma boa voltar lá e aprender um pouco mais, quem sabe depois de algum tempo, eu iria ir pra missão voando num deles, seria muito bom.
Sorri pensando na possibilidade de ir voando pelos lugares, seria meio que um momento de “liberdade”. Cheguei rapidamente nos Estábulos, eu estava animado e vi a garota que dava aula para os novatos de como voar nos pégasos, sorri para ela e me apoiei numa das portas para pegar um pégaso, ela estava escovando um deles.
-Hey, pode me dar uma aula agora?
Ela se virou surpresa e sorriu de canto, falou enquanto ainda escovava o pelo do cavalo alado.
-Claro, só espera eu terminar aqui, 5 minutinhos.
Afirmei com a cabeça e fui para fora do estábulo, o cheiro do estrume dos pégasos é mais forte que dos cavalos normais, como alguém pode agüentar isso? Mas bem, depois de 5 minutos a garota saiu do estábulo com o pégaso pronto para ser montado, sorri para ela e fui andando até ele, subi facilmente, porém ela ficou no chão e levantou a sobrancelha.
-Já está na hora de ir sozinho, garotão.
Ela deu um tapa no pégaso que logo começou a voar, eu tentei ficar calmo e lembrar das instruções de antes, porém eram muitas coisas para se lembrar, como por exemplo, como se vira pra esquerda? E pra direita? Ah é, só virar a rédea.... Balancei a cabeça tentando me manter calmo, comecei a virar devagar a rédea do pégaso para a direita fazendo um pequeno círculo e depois para a esquerda apenas me certificando que ele não iria parar no ar de repente e iria cair como um “Meteoro de pégaso” ou um camicaze. Depois puxei levemente as rédeas subindo alguns metros e olho pra baixo admirado e vendo as pessoas como se fossem formigas, logo depois fui abaixando o pégaso ficando perto da floresta devagar, vendo as copas das árvores balançando com o vento que vinha de todos os lados ao mesmo tempo, ou simplesmente estava assim por causa do movimento rápido das asas do pégaso, simplesmente me senti um super herói.
Abri os braços e sorri, lembrando daquela cena do Harry Potter que ele voa no Bicuço, mas o pégaso meio que começou a seguir para onde ele queria e peguei novamente as rédeas com medo de ele bater em uma árvore. Suspirei e tentei me manter firme segurando as rédeas, depois fiz uma volta e voltei para o acampamento, vendo os semideuses lá embaixo, ainda minúsculos, porém fui soltando a rédea para deixar ele pousar devagar, até finalmente estarmos no solo, na frente do estábulo. Olhei para a garota que dava aulas extremamente feliz e desci do pégaso.
-Foi simplesmente, libertador!
Ela olhou para mim e deu uma risada, porém montou em um pégaso e sorriu de canto.
-Vamos ver como fica numa corrida?
E logo começou a voar rapidamente, eu subi no pégaso e tentei voar na mesma velocidade que ela, porém minha habilidade com o pégaso era extremamente iniciante e não sabia correr numa velocidade alta enquanto controlava facilmente o pégaso. Tentei voar o mais rápido que conseguia com ele, mas não chegava nem perto dela, apenas pude seguir ela de longe com muito espaço de diferença, aumentando cada vez mais, porém uma hora ela parou e olhou para mim.
-Credo, você tem que treinar mais! –Ela falou num tom debochado.
Olhei sério para ela, revirei os olhos.
-Desculpa se é a segunda vez que monto um pégaso.
Voltamos a voar, ela voando apenas um pouco na frente liderando nosso vôo, depois olha para mim e grita.
-Toma bastante cuidado nas viradas bruscas, se segura firme e reza para não acabar na enfermaria!
Franzi o cenho escutando a frase dela, logo apenas vi o pégaso branco começar a fazer loops no ar, depois voou até a parede de escalada, voando bem perto da lava, olhei admirado para ela me perguntando quanto tempo ela demorou para fazer isso, mexi a cabeça tirando o pensamento dos meus pensamentos e me concentrei em voar cada vez mais rápido com o pégaso, agora me concentrando ficou um pouco mais fácil conseguir voar com ele, sentindo o vento balançar meu cabelo, a velocidade e a adrenalina aumentar rapidamente, porém ainda bem tenho reflexos ágeis e consegui desviar fazendo curvas cada vez mais perigosas, ficando satisfeito comigo mesmo e quando achei que estava na velocidade ideal para fazer o loop, abaixei meu corpo quase grudando meu tronco no pescoço do pégaso, sentindo minha respiração ficando mais rápida e no final do loop, ela desacelerar. Foi um momento tipo magia, mas concordei em não fazer novamente por um tempo, agora que a adrenalina havia sumido, fui até o estábulo, guardei o pégaso e fui para o meu chalé, extremamente cansado depois desse vôo.

_________________
Boo ♥ • Cass ♥• Abby ♥
Kurt Campbel Ackles

TKS CLUMSY [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] SA

Mensagem por Kurt C. Ackles em 24/12/13, 12:23 am

Kurt C. Ackles
avatar
Proles de Hermes
Proles de Hermes

Warm :
Mensagens : 77
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 19
Localização : Vendendo minhas coisas com o Tio Popo

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

40xp + 1 ponto de habilidade

_________________
I'm so... So far away
Goddess of magic and obscure night - I know you see me coming with my dogs ... And you fear that. - Time for die, bitch. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mensagem por Hécate em 24/12/13, 09:29 am

Hécate
avatar
Deusa Menor
Deusa Menor

Warm :
Mensagens : 115
Data de inscrição : 15/11/2013
Idade : 97
Localização : Submundo

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos


Equitação? Oba!
 
Horse!
I think have a horse in my shoe...


Tudo o que eu queria era sair do chalé. Não aguentava mais ficar parada. Então tudo o que fiz foi levantar da cama, botar uma calça jeans comum e uma camiseta do Acampamento Meio Sangue. Enfiei meus all stars surrados em meus pés e fui para os estábulos. Era um lugar que eu amava, pois era silencioso e tranqüilo. Não sabia o quanto estava errada. Assim que passei pelo vão da porta, fui atingida em cheio por feno, e se não tivesse me esquivado, por uma ferradura. – O que está acontecendo? – Murmurei pra mim mesma.

A explicação me atingiu em cheio. Aulas de Equitação! Será que precisava me inscrever nesta aula? Ou era como todas as outras, apenas chegar e fazer? Estava criando coragem para perguntar para alguém quando algo chamou a minha atenção. Um lindo garanhão forte, pelos cor de caramelo, crina e rabo negros e grandes olhos cor de chocolate me encarava, batendo a para dianteira esquerda no chão impacientemente. Não pude deixar de me aproximar cautelosamente, esperando alguma reação agressiva por parte do cavalo, mas ele apenas piscava os olhos. – Oi, garoto. – Disse na forma calma, para não assustá-lo. Ele balançou a cabeça e a apontou para um cesto com cubos de açúcar e cenouras numa mesa logo atrás de mim. – Está com fome? – Perguntei pegando uma cenoura e a balançando na frente dele. Ele relinchou e bateu as patas dianteiras enlouquecidamente. Gargalhei e estendi a cenoura para ele, que a pegou delicadamente de minha mão com a boca. Sorri e acariciei o fucinho dele.  Abri sua bainha e segurei em suas rédeas. O cavalo trotou ao meu lado. Uma garota na bainha ao lado cutucou-me. – Vejo que conheceu Tritão. Ele não é lá muito amigável. – Ela disse enquanto saía da bainha com seu cavalo nas rédeas. – Mas parece que ele gostou de você. Você foi a primeira. – Ela disse e sumiu de vista. – É... Acho que sim. – Fiquei olhando-a partir e só parei quando vi Tritão enfiar a cara no pote de cubos de açúcar. Puxei sua rédea com certa força, e então ele levantou a cabeça, lambendo os restos de açúcar em seu focinho. – Tritão! Não são só pra você! – Ele virou a cabeça e levantou a orelha esquerda, me olhando com dúvida. – Inteligência não é lá seu ponto forte, né? – Perguntei enquanto o puxava para fora dos estábulos. Ele relinchou em resposta.

Depois de botar a sela em Tritão, botei o pé na correia e quando fui subir, ele desatou a correr, me derrubando no chão. – Ei! Volta aqui! – Saí correndo atrás dele, o que realmente não foi uma boa idéia. Várias tentativas mais tarde, consegui montá-lo. Bati os pés levemente em seu flanco. Tritão começou a andar lentamente em volta dos estábulos, e meu coração pareceu se inundar de felicidade. Puxei suas rédeas e ele parou. Encaixei meu pé na correia e puxei meu corpo para descer da sela, mas então ele desatou a correr novamente e eu fui de cara no chão. Fiquei estirada no chão por alguns segundos até minha visão voltar a foco e me levantei, puxando Tritão novamente até o estábulo e o prendendo em sua bainha. Dei-lhe duas cenouras e três cubos de açúcar. Estava com fome, então peguei um cubo pra mim e o enfiei na boca. Sim, eram pros cavalos, mas quem se importa? – Eu volto amanhã, okay? – Disse e acariciei o focinho de Tritão. Suspirei e voltei ao dormitório. Tudo o que eu precisava agora era de um banho.

Abra:
Eu citei isso no post, mas se não ficou muito claro, Tritão NÃO pertence a Faith, e sim ao Acampamento.


_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Faith Sayo {Sakurai} Prophath
Just close your eyes, the sun is going down; you'll be alright, no one can hurt you now. Come morning light, you and I'll be safe and sound

Mensagem por Faith S. Prophath em 27/01/14, 08:35 pm

Faith S. Prophath
avatar
Proles de Hades
Proles de Hades

Warm :
Mensagens : 31
Data de inscrição : 08/11/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

40xp. + 1 ponto de habilidade.

Atualizado

_________________

Lady Perséfone

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Deusa das Flores ✿ Deusa da Força Interior ✿ Rainha sexy do Sumundo
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Mensagem por Perséfone em 28/01/14, 06:10 pm

Perséfone
avatar
Deusa Menor
Deusa Menor

Warm :
Mensagens : 30
Data de inscrição : 18/01/2014

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Estábulos

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum