The Olympian Code

[Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Veronika
A semideusa caminhou ao lado de um dos sátiros instrutores, em direção a colina do Meio Sangue. Era uma das poucas campistas do acampamento que sabiam dirigir, por isso foi incumbida de levar algumas sacas da colheita de morango até um bar do bairro, que também funcionava parcialmente como venda. As frutas estavam nas malas do furgão branco, conhecido pelos semideuses que trabalhavam nas plantações:
- Em todo caso, tome cuidado, Vero. Está levando as suas armas contigo? - Perguntou o sátiro, já que era a primeira vez que a menina realizava tal tarefa.

@Franz
O garoto andava pela beira da estrada, levando apenas as suas armas e um papel digital amaçado na mão, que anunciava a grande "Parada de Motociclistas e Motobar" em Long Island. Franz decidiu que visitaria o local sem avisar para ninguém quando descobriu que era perto o suficiente para ir a pé. Fazia tempo que ele não andava de moto, desde que chegara ao acampamento.

O calor e a estrada longa e contínua, sem muita vizinhança a não ser mato de um lado, praia de outro e veículos, faziam a viajem parecer bastante penosa, mas lá no final ele podia ver fumaça, motos e movimentação.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 18/01/14, 01:31 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar


"Entregando morangos..."
Tomei o último gole da minha diet coke e bocejei enquanto ouvia o sátiro mor ditando regras e instruções as quais fingia estar escutando. Quando havia ouvido a palavra “dirigir”, não pensei duas vezes antes de aceitar a tarefa que me fora incumbida. Isso até encarar o furgão do acampamento, fiquei muito triste ao perceber que não era uma máquina e sim uma lata velha.

A verdade é que eu só havia aprendido a dirigir por que adorava velocidade e furgões não eram lá tão rápidos quanto eu gostaria. Adentrei o velho furgão branco, apesar de desconfortável arco e aljava estavam presos nas minhas costas, não gostava de me separar de minhas armas. Rente a minha coxa estava presa um adaga comum, escondida sob o tecido de minha armadura, e embainhadas em minha cintura, duas adagas de arremesso. Além de armas, levava comigo 200 gramas de ambrosia e 100 ml de néctar.

- Em todo caso, tome cuidado, Vero. Está levando as suas armas contigo? – olhei para o sátiro mor que havia me instruído durante todo o percurso até o furgão. De cara percebi sua preocupação, levei a mão direita ao colar que pendia em meu pescoço e lancei um sorriso confiante a Epaminondas, sim esse era o nome dele.

- Claro, bode-velho. – brinquei mostrando-lhe a língua. Entreguei-lhe a lata de diet coke a ele. – Uma lembrancinha, aproveite. – murmurei mordiscando um pedaço de chocolate e ligando o furgão branco. Dei um "tchauzinho" a Epaminondas e zarpei rumo a ...

– Ei! EPAMINONDAS! Qual é o nome do bar mesmo? – gritei assustando-o e fazendo-o levar uma queda. Arregalei os olhos e pisei no acelerador quando vi sua cara vermelha de raiva, Aparentemente ele devia ter falado isso enquanto ditava as regras e agora percebeu que eu não havia prestado muita atenção. Epaminondas bravo é pior que qualquer coisa, em caso graves como esse; “dê no pé” o mais rápido possível.  


Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 001 Place: Esqueci With: Epaminondas  Words: 316


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 18/01/14, 02:14 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Parada de motos? Já estava dentro, poderiam contar com isso, nunca fui alguém de me importar muito com as coisas, no entanto devo admitir que vagabundar de moto era algo que de fato era legal, principalmente se andarmos numa pista deserta a 100 quilômetros por hora. Mas não queria estragar minha estadia no acampamento meio-sangue também, a maioria não era igual a mim, porém no fim eram gente boa, por isso tinha partido meio que escondido, embora não sabia se sentiriam minha falta.

- Isso vai ser demais. Murmurei, enquanto soltava a fumaça de um cigarro, por precaução havia levado meu arco, espada e aljava de flechas comigo, esperava não parecer maluco.

Itens comigo:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (20 Flechas)


Status -Completo

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 18/01/14, 02:50 pm

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Veronika
O sátiro cerrou o punho, amassando a latinha de Diet Coke com força e mostrou para Veronika, em um sinal de raiva e teimosia. Aparentemente estava escandalizado com as provocações da garota, mas se controlou o suficiente para dizer:  

- Bar vermelho, béée -
Ele parou, abismado, mas acrescentou logo em seguida - Na descida da estrada, basta seguir reto pela estrada principal. Sem erro. - O furgão roncou com a aceleração da garota.


[Off Esqueci de ilustrar]
Furgão :

@Franz
Quanto mais o garoto se aproximava, mas podia sentir o clima de festa no bar. Várias motos estradeiras e alguns triciclos já estavam estacionados por perto, embora houvesse muito mais gente do que motos. Bancas de artigos para motociclistas, comida e uma fileira de vendedores ambulantes também se amontoavam por ali, cada um tentando vender o seu produto.

Franz não precisava se preocupar muito com as armas, os humanos as veriam de outra forma por causa da névoa. Mas encontrar monstros em aglomerações do tipo não era uma situação rara, por isso se alguém o estranhasse, provavelmente seria encrenca. Quando o semideus chegou ao local, foi logo recebido por um homem bruto e bêbado, que disse alto demais:

- Bem vindo, camaradinha. Tem idade para dirigir, pelo menos? - Ele rio com desdem.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 18/01/14, 03:43 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar


"As três barbeiras!”
Dei uma longa gargalhada do sátiro bravo. Agora que ele havia me dado as coordenadas era só seguir tranquilamente pela estrada, mantive um velocidade média, já que se fosse muito rapidamente poderia afetar o estado dos morangos e, se houvesse alguma reclamação, Epaminondas cortaria minha cabeça fora. Já bastava eu tê-lo irritado antes de partir.

Dirigir por aquela estrada era bastante tranquilo, já que era um lugar meio que afastado da cidade e arborizado. Cheio de plantações e coisa e tal. Poucos carros passavam por ali, até que tive o vislumbre do carro das irmãs cinzentas.

- Malditas barbeiras, nunca aprendem! – resmunguei desviando do táxi da velhas bruxas de um olho só. Aquelas malucas me davam arrepios. Quem fora o idiota a chamar por elas?

Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 002 Place: Rumo ao bar vermelho! With: ------  Words: 107


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 18/01/14, 04:50 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Via o local do encontro, tinha absolutamente muita gente, com certeza seria difícil de encontrar alguém conhecido por ali, mesmo se eu quisesse, no entanto eu só tinha a intenção de pegar uma moto, fazer uns pegas na pista, ver o show que sempre tinham em festas daquele tipo e claro, beber e comer bastante.

Um homem entrou em minha frente quando cheguei ao lugar, na minha frente ele perguntou quase como um grito se eu tinha idade de dirigir, parecia querer caçoar e seu hálito demonstrava que estava bêbado.

- O suficiente para ganhar de um bêbado como você numa pista. Respondi, soltando a fumaça do cigarro no rosto dele, sempre fui um cara esquentado e tipos como aquele realmente me tiravam do sério, porém por um instante me controlei para não socá-lo.

As roupas que eu estavam era uma camisa branca, calça jeans, tênis e meus óculos a gola da camiseta.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (20 Flechas)

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 18/01/14, 05:12 pm

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Veronika
A semideusa dirigiu tranquilamente por todo o percurso, apesar de um rápido encontro com o táxi das irmãs cinzentas. O furgão não era tao decepcionante assim, embora realmente parecesse e fosse uma máquina dos anos setenta. Em seu painel, o que mais chamava a atenção era a foto de um garoto, embutida no espaço do porta luvas.

Veronika começou a se aproximar do bar, que estava muito mais movimentado do que de costume, tecnicamente perfeito para se vender produtos como morangos. Um velho de muletas acenava para ela, em meio a uma multidão de motoqueiros, como se estivesse chamando. Era uma visão quase cômica, porque ele realmente não combinava com o ambiente. O velho andou até a beira do acostamento, acenando sem parar durante todo tempo.

@Franz
Com a dupla provocação do garoto, o rosto do homem ficou ainda mais vermelho do que já estava por causa da bebida. Logo mais outros quatro camaradas se juntaram numa semi roda, rindo e dizendo em tom caçoador:

- Uuuh, vai deixar esse pivete tirar onda, Amanto? - Eles voltaram a rir. Todos pareciam mal encarados e o garoto pode sentir que alguma coisa estava errada com eles. Talvez fosse o clima pesado da situação, a bebida ou a disposição deles em cumprimentá-lo, não dava para saber ao certo, mas era uma impressão.

- Vai pegar a sua moto, pirralho - O provocado falou, mostrando um punho cerrado.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 18/01/14, 07:00 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Depois da minha provocação, uns homens vieram até mim e o valentão, sentia algo estranho neles, talvez impressão, eles tiraram onda com o bêbado, o mesmo ficou ainda mais hostil, me olhando com a face ainda mais vermelha, ele levantou o punho cerrado.

- Vai pegar a sua moto, pirralho. Ordenou o ser, provavelmente com o nome de Amanto, pelo menos assim eu ouvi aqueles estranhos chamarem.

Eu na verdade não tinha uma moto, porém não ia deixar aquele escroto, me desrespeitar.

- Me encontre aqui em cinco minutos. Falei, esticando o pescoço um pouco para frente, enquanto cerrei os punhos também.

Voltei meu olhar para algumas motos estacionadas por ali, tentaria ir até lá e fazer alguma delas ligarem, já tinha roubado algumas motos na Alemanha (Por isso desvantagem criminoso), se eu consegui-se iria até o ponto marcado para fazer a corrida.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (20 Flechas)

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 18/01/14, 07:32 pm

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar


"O velhinho esquisito...”
Engoli em seco ao avistar aquele velhinho cujas ações passei a estranhar. O negócio é que quando se é semideus, tem de desconfiar de tudo; mesmo que seja um velhinho estranho acenando incansavelmente para você a beira de um acostamento. Estacionei o furgão do lado oposto ao velhinho, bem próximo do bar.

Antes de sair olhei para a foto, aquilo era realmente chamativo. Talvez fosse do velho dono do furgão, afinal aquela coisa devia ter uns bons anos de uso. Gravei a imagem em minha memória (memória fotográfica) e me dirigi para a traseira do furgão apossando-me de uma cesta cheia de morangos fresquinhos.

Estava ali para vender morangos, então eu o faria. Olhei para o velhinho que acenava para mim do outro lado da estrada, no segundo seguinte dei uma rápida olhada pelo bar. Ele estava cheio de motoqueiros, até avistei um rapaz esgueirando-se para o estacionamento. “O que temos por aqui, um ladrão?”, pensei comigo mesma.

- Ei, senhor! Está perdido? – murmurei com falsa animação, era fácil atuar. – Deseja comprar frutas frescas? Estou vendendo morangos. Afinal, qual o nome desse bar? Você, por acaso, conhece o dono? Preciso fazer minhas entregas, esta é a primeira remessa do dia e não posso demorar, afinal há outros clientes que preciso visitar.  – comentei com ar inocente.

A distância que eu mantia dele, era para me assegurar que teria tempo para agir e o fato de eu ter analisado o lugar em que me encontrava, era para manter em minha mente todos os obstáculos em caso de fuga e, talvez, voltar para buscar o furgão. Caso contrário, Epaminondas me mataria.

Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 003 Place: Perto do bar vermelho! With: Velhinho esquisito  Words: 268


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 18/01/14, 08:17 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Franz
Franz se afastou do grupo, ainda segurando as suas armas, tentando agir normalmente. Não podia levantar suspeitas se realmente quisesse roubar uma moto. O garoto caminhou até um estacionamento de motocicletas mais afastado, perto da filha de vendedores, e vasculhou as máquinas. Para a sua incredulidade, havia uma moto com uma sutil chave em formado de caveira, já na engrenagem, descuido provavelmente causado pela bebida ou pelo excesso de confiança.

Algumas pessoas da festa começaram a levantar e se reunir perto da estrada. O desafiante de Frank já estava com sua moto preparada, exibindo o ronco do motor, o que com certeza chamava a atenção. O filho de Apolo aproveitou a distração para se aproximar e girar a chave, que deu partida no motor imediatamente.
Veículo descuidado:



@Veronika
A garota desceu do veículo, um pouco desconfiada do velho, oferecendo um pouco de morangos para ele. Uma vendedora nata. Mas o velho deu um tapa fraco nela, dizendo:

- Que isso garota? Você traz os morangos, eu vendo os morangos. - O velho colocou seus cabelos encaracolados para trás e se inclinou para frente afim de mostrar o topo da cabeça, revelando a ponta de dois chifres. Definitivamente era um dos sátiros do acampamento. Com certa descrença, Veronika ouviu algumas reclamações sobre o Epaminondas e seus esquecimentos.

Com certo tédio, mais uma vez parou de prestar atenção. Havia uma festa muito mais interessante do lado, onde parecia acontecer alguma coisa. Várias pessoas se aproximavam da estrada. Seria um racha de motos? Veronika não deveria se importar, mas antes que ignorasse totalmente o fato, seus olhos bateram sobre um de seus meio irmãos. Eles não se falavam muito, mas definitivamente era o semideus que havia chegado ao chalé logo depois dela, e que vez ou outra impregnava o local com cheiro de fumo. Ela sabia que seu nome era Franz, e o observava furtando uma moto. No flagra.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 19/01/14, 07:30 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

"O sátiro maluco e o irmão ladrão”
- Ai! Seu velho louco! – resmunguei ao receber um tapa.

- Que isso garota? Você traz os morangos, eu vendo os morangos. - O velho colocou seus cabelos encaracolados para trás e se inclinou para frente afim de mostrar o topo da cabeça, revelando a ponta de dois chifres. Dei um sorriso “amarelo” ao sátiro a minha frente. Este se chamava Bartolomeu e era ainda mais chato que Epaminondas. Revirei os olhos diante o falatório, mais um que eu não perdia o tempo e cérebro ouvindo.

- Credo, Bartolomeu! A culpa não é de Epaminondas... – comecei interrompendo o sátiro e, ao mesmo tempo, tentando limpar a barra do sátiro que havia deixado para trás. E realmente a culpa não era dele, era minha toda minha que não havia escutado. – É toda sua, que parece o maníaco da machadinha! Credo, cara. Quase tive um treco. – murmurei.

– Enfim, já que é você quem vende os frutos, vou dar uma voltinha por aí. – informei já me dirigindo para perto do ladrãozinho da família. Encostei-me em uma moto ao lado da que ele roubava e sorri cinicamente.

- Quer dizer que além de impregnar nosso chalé com odor de fumo, ainda é ladrão, irmãozinho? – exclamei fingindo uma cara de horror quando na verdade achava graça, não consegui aguentar então comecei a rir. – Você não deve saber, sou Veronika, uma de suas irmãs. – murmurei simpática.


Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 004 Place: Bar Vermelho? With: Bartolomeu e Franz  Words: 230


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 19/01/14, 08:46 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Tinha arrumado uma das motos mais bonitas do estacionamento, ela definitivamente era "minha cara" e para minha sorte estava com a chave na ignição, sentei na estradeira, a liguei e pegou lindamente, o ronco do seu motor era de fato belíssimo, tão perfeito quanto os detalhes mais mínimos da motocicleta, me preparava para ir ao lugar marcado, pois algumas pessoas já se movimentavam ali.

- Quer dizer que além de impregnar nosso chalé com odor de fumo, ainda é ladrão, irmãozinho? Falou uma voz delicada, me fazendo virar o rosto para o lado, era uma loirinha, linda por sinal, eu havia visto ela algumas vezes no chalé, deveria ser uma das minhas irmãs.- Você não deve saber, sou Veronika, uma de suas irmãs. Concluía ela, rindo depois de bancar a surpresa.

Jogava fora o "pitaco" do cigarro que eu acabava de fumar, enquanto puxava outro da carteira no meu bolso, eu ria também, enquanto colocava o trago por entre os dentes.

- Suspeitei que era minha irmã, te vi algumas vezes no chalé. Falei com dificuldade, com os dentes cerrados, enquanto acendia o cigarro com um isqueiro.- Sou Franz, mas pode me chamar de FB, aliás não deveria está aqui gatinha e não é um roubo, essa moto nasceu para ser minha. Finalizei, depois de soltar a fumaça do 'bagulho", enquanto prestava atenção no movimento na pista, não queria me atrasar pra minha corrida.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (20 Flechas)

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 19/01/14, 09:23 pm

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Os meio irmãos se reconheceram mutuamente e começaram um diálogo no mínimo inusitado, mas foram interrompidos por Bartolomeu, que seguindo Veronika, os encontrou. Ele cutucou a garota e disse:

- Nada disso mocinha, você pega o furgão e volta para o acampamento - Ele parecia ter uma ar paranoico e mandão o tempo inteiro, e continuou dando ordens quase sem reparar - E por Zeus, o que ele está fazendo aqui? - Disse apontando para Franz. Os dois não se conheciam, mas um sátiro podia reconhecer que ele era um semideus.

Alheia ao diálogo estranho, uma mulher tocou o ombro de Franz, perguntando:

- Você que desafiou o Amanto? A gangue dele está começando a te chamar de arregao - Ela riu, olhando de Franz para o velho e do velho para Franz.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 20/01/14, 07:34 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Um velho chegava cutucando minha irmã, parecia ser um superior e saber do acampamento meio-sangue, depois de falar algumas coisas a ela se dirigia a mim com surpresa por eu está ali, no entanto uma estranha chegava tocando meu ombro Você que desafiou o Amanto? A gangue dele está começando a te chamar de arregão, disse ela rindo em seguida.

Dei uma última tragada no cigarro e o jogava no chão, mesmo que pela metade, precisaria de duas mãos para pilotar a moto no meu melhor estilo.

- Arregão é? Verá o dele... Aí Veronika, esquece esse velho e dá uma olhada na minha corrida, vou dedicar a vitória a você. Disse rindo, enquanto botava meus óculos no rosto e acelerava a moto rumo ao local da corrida, não demoraria para está no ponto marcado.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (20 Flechas)

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 20/01/14, 07:45 am

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

"A corrida que não irei ver."
Tossi ao sentir o odor do fumo bem próximo de mim.

- Desculpa, Badboy. – comecei com ar teatral para logo em seguida dar de ombros. - Mas a gente se vê no chalé, afinal tenho um dia cheio pela frente. E Bartolomeu e Epaminondas não são flores que se cheirem. Se é que me entende. – lancei-lhe um sorriso de desculpas. – Quem sabe, na próxima? Espero que vença, posso não estar aqui, mas ainda quero a dedicatória. – completei risonha.

Aproximei-me de Bartolomeu e lhe ajudei a descarregar as frutas, em meio a tantos morangos eu não resistia e furtava alguns. Em troca, recebia tapas do sátiro maluco; os quais respondia com resmungos e palavrões. Ao término de tudo entrei no furgão, pronta para partir.

- Adeus, Bart. Cuide daquele idiota na pista. – sorri.

Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 005 Place: Bar vermelho With: Epaminondas e Franz  Words: 132


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 20/01/14, 10:37 am

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Franz
O garoto terminou de fumar o seu cigarro e acelerou a moto até a beirada da pista, onde um aglomerado de pessoas já haviam se reunido. Com certeza, muitos dos que estavam ali esperavam por um racha, mais cedo ou mais tarde. Franz olhou para o lado, onde um dos integrantes da gangue segurava uma bandeira quadriculada. Tudo ocorria bem, até um terceiro integrante da gangue levantar rápido, com os olhos arregalados:

- AH PIRRALHO - Ele falou quase latindo, sua aparência parecia tremeluzir - Essa moto é minha! - Olhares estupefatos iam do homem para Franz. Olhares que logo começaram a se tornar ríspidos.

- Pega ladrão! - Gritou o que segurava a bandeira. A aparência dos cinco integrantes da gangue tremeluziu um pouco mais e logo se esvaiu, revelando a verdadeira forma. Eram seres com rostos caninos e corpos peludos. A bandeira quadriculada era na verdade uma espada de folha larga, que agora brandia, apontando para o semideus.

@Veronika
A semideusa terminou de esvaziar os últimos morangos juntamente com o sátiro rapidamente, pois o velho bateu a muleta no chão e boa parte dos pacotes de morango voaram até a barraca. Depois que a tarefa foi concluída, ela entrou no furgão e se despediu de Bartolomeu, dando partida logo em seguida.

O motor soltou uma grande nuvem preta e malcheirosa pelo cano de descarga, mas funcionou. Nada improvável para um carro antigo, mas a normalidade parou aí. A foto do semideus se descolou do porta luvas, empurrada por um suporte, e virou-se para a semideusa, dizendo com voz de GPS:

- Olá, pessoa que não é o Mark. Detectei a presença de telquines perigosos. Deseja ativar o modo combate, o modo fuga, ou permanecer disfarçado?

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 20/01/14, 11:48 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Já estava pronto para pilotar a cem por hora, no entanto no momento em que eu ia para local do encontro, alguém gritava dizendo que a moto era dele. Pensava em partir fugindo daqueles caras, eu já tinha problemas com a polícia, no entanto os homens daquela gang se transformavam em seres animalescos com rostos caninos e corpos peludos.

- Telquines? Murmurei, minha mãe era professora de mitologia, criaturas daquele tipo não seriam algo desconhecido, no entanto era a primeira vez que eu via um monstro daquele. Provavelmente os humanos normais não iriam ver a verdadeira face deles ou veriam... Não sabia, apenas corri com a moto para fugir, coincidentemente via Veronika dentro de um furgão mais a frente.- Droga, não posso deixar ela aqui. Disse, enquanto parei a moto há alguns metros a frente do carro da minha irmã, levantei e puxei meu arco e uma flecha de minha aljava e assim comecei a mirar na direção deles que vinham em minha direção, após a tentativa de fuga eles vinham como animais a meu encontro.

Não era ainda o melhor arqueiro, mas o tiro com a flecha deveria causar algum dano a eles.


Considerações:
- Assim que eu os vi transformados, liguei a moto e fui na direção contrária a eles, parei apenas quando vi Vero um pouco a frente, provavelmente ela não me via já que o Furgão estava virado pro outro lado de onde eu vim.
- Vou atirar em um deles e ver se causa algum dano, obviamente se eu atingir.
- A moto está do meu lado.
- Eu tenho a vantagem do conhecimento.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (19 Flechas)

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 20/01/14, 02:05 pm

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

"A foto com voz de GPS?"
- Olá, pessoa que não é o Mark. Detectei a presença de telquines perigosos. Deseja ativar o modo combate, o modo fuga, ou permanecer disfarçado? – Dissera a foto com voz de GPS. Eu poderia ter um surto ou qualquer coisa, a verdade é que eu achava o máximo aquele furgão ser computadorizado. Provavelmente alterações dos filhos de Hefesto.

- Espera... Telquines? – perguntei bobamente enquanto encarava a foto com voz de GPS. -  E quem diabos é Mark? – perguntei enquanto olhava para a estrada pelo retrovisor. Graças aos meus olhos de águia, pude ter um vislumbre maior do que ocorria no bar vermelho. Cinco criaturas horrorosas com rosto caninos e corpos peludos rosnavam enfurecidas na direção oposta à que eu me encontrava.

Mais à frente estava meu irmão em sua moto roubada fugia, até parar momentaneamente para contra-atacá-los. – Mas o que esse idiota está fazendo? – exclamei para o nada extremamente frustrada.

- Certo, você me deu três opções. – comecei remexendo meus bolsos a procura de algo doce, estava começando a ficar nervosa. Por sorte encontrei um pirulito de cereja, levei-o a boca apreciando o saber. -  Me diga, o que é exatamente o módulo de combate? – perguntei a foto com voz de GPS. Eu sei, totalmente loucura; mas o que se pode fazer numa situação de risco? Seguir o curso e torce para sobreviver.
Observações:

Itens levados
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g

Poder usado:
Nível 5:
Olhos de Águia - Como são treinados para o combate a longa distancia com o arco, enxergam a uma distância maior que um semideus comum.


Post: 006 Place: Estrada With: Telquines, Franz, foto com voz de GPS?  Words: 223


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 20/01/14, 02:44 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Franz
Vendo que estava cercado por um perigo iminente e brevemente conhecido por algum dos contos que sua mãe lhe contava, Franz acelerou a motocicleta imediatamente. O ronco do motor era bastante potente e um pequeno movimento do pulso já foi suficiente para fazer a moto cantar o pneu traseiro e partir. O telquine que estava armado até tentou impedi-lo, saltando em direção ao semideus, com a espada preparada, mas era tarde demais e ele apenas atingiu o chão, frustrado.

O murmuro tomou conta da festa quase imediatamente. O telquine que disputaria a corrida com Franz também acelerou a sua moto, instantes depois, correndo no encalço do garoto. O filho de Apolo parou moto um pouco mais a frente, próximo a fila de vendedores ambulantes, que a essa hora pegava recolhiam seus produtos, prevendo confusão.

O semideus mal teve tempo de preparar uma flecha no arco e disparar contra Amanto, que já se aproximava, acertando-o no ombro de raspão, mas fazendo com que esse perdesse a direção por um instante e se atrapalhasse com a motocicleta. O monstro derrapou com a moto, caindo por baixo desta.  Os outros integrantes da gangue já largavam com suas motos, bastante modificadas. A mais chamativa delas tinha duas bolas de fogo ao invés de pneus.




@Veronika
O retrato sorriu e respondeu em um instante:

- Mark é o gostoso que me projetou - Respondeu, primeiramente. Depois, o veículo pareceu esperar a menina avaliar a situação e lhe informou quando foi novamente requisitado - Modo de combate. Blindagem, um canhão de bombas de fedorentas, espaço para lanças e arcos, piloto automático inteligente. - A máquina tinha um tom exibicionista, mas mudou para um mais coerente quando disse - Também estou detectando um sátiro e um semideus próximos. Possível perigo.


_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 21/01/14, 08:46 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

- Droga... São muitos... Murmurei, enquanto atirava outra flecha na direção de um dos Telquines, após isso ergui minha mão na direção deles e tentava cegá-los momentaneamente com alguns feixes de luz dos raios solares (Luminocinese), não eram muita coisa, mas poderiam pará-los por alguns segundos, sendo assim puxei mais 2 flechas e as puxei com força no arco.- Segura essa! Exclamei, lançando então em direção a outro dos monstros ambas as flechas (Flechada Dupla).

Sempre fui alguém que não fugia de desafios, porém sabia que aqueles "cães" não seriam tão fáceis de derrotar.

Poderes e Habilidades:

Luminocinese - Controlam pequenos feixes de luz, usando-os par atrapalhar ou distrair o adversário, muito útil contra outros arqueiros. Esses feixes de luz são como luzes xénon e só podem ser usadas durante o dia.


Flechada Dupla - Consegue lançar duas flechas no mesmo arremesso com a mesma precisão que lançaria uma! Porém, obviamente, elas irão ter o mesmo destino. [20 de Energia]

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (16 Flechas)


HP - 115
MP - 95

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 21/01/14, 09:47 am

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

"Uia! Um lançador de bombas fedorentas!"
- Certo, eu quero que ative a blindagem e o modo de piloto automático, mas que siga minhas ordens. – comecei já armando meu arco com duas de minhas flechas venenosas. – Agora quero o espaço para arcos. – murmurei pronta para atirar.

Olhando bem de perto, aqueles monstros se pareciam muito com cachorros. Sorri ao me lembrar do lançador de bomba fedorenta. Franz que me perdoasse, mas eu precisava ajuda-lo. E se eles tivessem um faro mais aguçado que o nosso, poderia atrapalhá-los.

- Eu quero que me leve para os Telquines, quando estiver de frente com eles, ative o lançador de bombas fedorentas, mas a uma distância segura. Aliás, como faço para mirar com esta coisa? – resmunguei procurando por botões.  - Ah, esses filhos de Hefesto! Vai entender o que eles tem na cabeça. – murmurei para o nada.
Considerações e Observações:

Assim que eu lançar a bomba de fedor, espero eu que os malditos telquines fiquem atordoados e aproveito o momento para lançar duas flechas, ambas serão controladas para atingir dois Telquines, lembrando que são venenosas.

Perguntas:

Quantas vezes posso atirar com esse canhão?

Poderes:

Nível 5:
Olhos de Águia - Como são treinados para o combate a longa distância com o arco, enxergam a uma distância maior que um semideus comum.

Flechada Dupla - Consegue lançar duas flechas no mesmo arremesso com a mesma precisão que lançaria uma! Porém, obviamente, elas irão ter o mesmo destino. [20 de Energia]

Senhor das flechas - Conseguem alterar o rumo de uma flechada de acordo com sua vontade. Essa técnica exige bastante concentração e ainda não é muito aperfeiçoada. Você consegue fazer uma flecha desviar para o lado, subir mais um pouco e etc. [20 de Energia por alteração]

Armas:

- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 007 Place: Bar vermelho With: Franz, Telquines e Foto com voz de GPS apaixonada pelo tal do Mark  Words: 137


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 21/01/14, 12:17 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

@Franz
Franz encarava uma gangue de telquines acelerando a toda em sua direção, o que na melhor das hipóteses era uma visão aterradora. O garoto armou mais uma flecha em seu arco e disparou em direção aos seus perseguidores, mas seu alvo fez uma manobra evasiva e conseguiu desviar. A gangue continuou a se aproximar velozmente, mesmo com os flash de luz lançados pelo garoto.

O semideus então preparou duas flechas ao mesmo tempo e as disparou em um só arremesso. Seu alvo até tentou fazer uma manobra evasiva, mas os projéteis se cravaram em sua jaqueta de couro. A roupa parecia uma espécie de armadura, pois as flechas ficaram presas apenas pelas pontas. Porém o ataque serviu para atrasar o monstro, que pego pela surpresa freou bruscamente.

A motocicleta com rodas em chamas era a mais veloz, se destacando das outras, mas quando chegou perigosamente perto de Franz algo a atingiu. Uma explosão liberou uma tensa camada de fumaça esverdeada, com um cheiro horrível. Franz perdeu contato visual com o resto do grupo, sem poder conter as caretas de repulsa.

@Veronika

Um teto solar redondo abriu um pouco atrás dos bancos dianteiros do furgão, e parte do piso abaixo dele se elevou, formando uma espécie de base perfeita. No capo do veículo um canhão metálico apareceu, com projétil preparado. Então, o furgão deu partida.

Eles avançaram rapidamente pela estrada, um pouco atrás da gangue de motoqueiros, mas quando estavam a uma distancia calculada, o canhão se moveu para cima e disparou, acertando em cheio um dos monstros. A fumaça esverdeada que seguiu o projétil cobriu uma grande área e Veronika perdeu a visão dos monstros quando eles emergiram nela.

_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 22/01/14, 06:39 pm

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

"Pensando na morte do Mark =3"


Fiquei impressionada com as adaptações feitas pelo tal Mark. O rapaz havia ganho meu respeito com aquelas engenhocas. O furgão deu a partida sozinho avançando pela estrada. Estava preparada para a ação, a adrenalina corria pelas minha veias. Foi como um baque que percebi que a maldita fumaça fedorenta não era incolor e naquele momento estava pronta para ir atrás do tal Mark para que consertasse aquilo.

- Sabe, esse seu construtor gostosão poderia ter sido mais esperto. – Resmunguei para a foto com voz de GPS. Realmente não sabia o que fazer naquele exato momento, mas era hora de improvisar. – Vem, foto com voz de GPS. Se você não estiver com medo de fazer “cabum” com fogo grego, é bom me dar uma alternativa do que fazer para essa fumaça desaparecer. E você tem 5 segundos antes de eu tomar minha decisão. – murmurei raivosa batucando os dedos no volante do carro.

Obviamente não pensava em destruir a foto com voz de GPS, pensava em explodir o tal do Mark. Mas o momento exigia concentração por minha parte e eu não podia sair atirando flechas aleatoriamente, afinal poderia atingir o meu irmão. – Pensa, Veronika. Você temm neurônios para quê? – resmunguei baixinho.

Itens Levados:
- Adaga de Bronze
- Saquinho de Ambrosia 100g
- Colar em formato de coração, com imagem de sua irma gêmea]
- Arco Recurvo
- Aljava com 30 flechas de bronze Envenenadas
-  Adagas arremesso [4x]   --> Levei apenas duas.
- Armadura de Couro
- Frasco com 100ml
- Saquinho com 100g


Post: 008 Place: Bar vermelho With: Foto com voz de GPS, Telquines e Franz  Words: 200


_________________

Veronika A. {Albert}Robers
A smile is a curve that sets everything straight.
thank you, thay.

Mensagem por Veronika A. Robers em 25/01/14, 05:03 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 22

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Após ver que algumas bombas sendo lançadas contra os inimigos, pus meu arco as costas e corri, tentando entrar no carro de Veronika, para assim tentarmos fugir.

Itens:
- Espada de Bronze
- Arco longo de madeira
- Aljava com flechas de Bronze (16 Flechas)


HP - 115
MP - 95

_________________

Mensagem por Franz Beckenbauer em 26/01/14, 09:36 am

Franz Beckenbauer
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 18
Data de inscrição : 20/12/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Franz não sabia o que fazer, mas não podia continuar em uma zona de perigo no meio de um fogo cruzado. O semideus correu adiante pela estrada esfumaçada, em direção ao carro onde Veronika estava. No meio do frenesi de gritos, latidos e palavrões, foi acertado por alguma coisa nas costas e caiu para frente, mas sem ímpeto de cruzar o caminho o fez se recuperar rápido e continuar, mesmo com uma dor latejante.

Veronika se aproximava com o furgão e freou perto dele. Um das portas se abriu automaticamente para o semideus entrar, enquanto a metade superior da cintura da semideusa estava no teto solar, apontando uma flecha em direção a cortina de fumaça que já se dissipava.


_________________

✖️ God of Sea ✖️ Best Dad ✖️ Íris  ✖️
Lord Poseidon

@CG Sign by Victória B. Prophath

Mensagem por Poseidon em 28/01/14, 10:43 am

Poseidon
avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano

Warm :
Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/11/2013
Localização : Oceanos

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Missao para Franz e Vero] A Gangue do bar

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum