The Olympian Code

Ficha de Reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de Reclamação






Ficha de Reclamação
Veronika Albert Robers
Dados Gerais

Nome: Veronika Albert Robers
Apelido: Nick, Ve...
Idade: 17
Progenitorª Divino: Apolo
Progenitorª Mortal: Lillian Albert Robers
Cidade Natal: São Francisco
Moradia Atual: Camp Half Blood
Raça: Semideus

Isso é tão problemático...
Dados Psicológicos



Descrição Física


Dona de longas madeixas loiras, que onduladas vão até a altura de sua cintura. Sua estatura é mediana, não passando de 1,65 m de altura. Seu corpo esguio e delicado, sua pele tem uma coloração clara, considera-se albina. Seu rosto possui formato de coração e o mais marcante nela são seus olhos. São brilhantes e expressivos olhos azuis – um azul claro, porém intenso-, delineados com grossos e longos cílios e finas sobrancelhas loiras. Sua boca é levemente carnuda e tem uma coloração naturalmente rosada.

Descrição Psicológica


Veronika é uma moça preguiçosa, mas não quer dizer que não seja esforçada. A moça tem seus hobbies que são exatamente dançar, cantar e tocar piano. Ela pode ser quieta e dorminhoca, mas sabe usar bem o cérebro que tem. É bastante intuitiva e um tanto quanto observadora. Apesar de tudo sabe brincar e raramente segue ordens, se as segue é por preguiça de contrariar. As vezes é esforçada, pois alguns a rebaixam e sinceramente odeia isto! Vive reclamando que tudo é problemático, mas faz tudo de bom grado.

História


Veronika Albert Robers sempre foi uma menina pacífica, na verdade um tanto preguiçosa e dorminhoca demais, entretanto tinha seus hobbies. Um deles era ser dançarina, fazia aulas de balé desde que se entendia por gente e a partir dos cinco tinha iniciado sua vida no piano e no canto. Apesar de preguiçosa a garota sempre teve seus dias cheios de algo para fazer.

Ela não tinha muitos amigos, não que se importasse muito com isso. Ao contrário da irmã gêmea, Elizabeth Albert Robers era a popular do colégio, festeira, saideira. Até bebia álcool! As duas eram oposto, literalmente. Enquanto uma era ativa a outra odiava fazer as coisas e fazia apenas quando necessário. Ambas moravam com a avó em São Francisco, em uma casa de campo afastada do centro urbano.

Obviamente uma casa de campo custava caro, mas isso era pouco para Victória Albert Robers, uma autêntica atriz de teatro que saíra de sua terra natal, Alemanhã, e passara a viajar com seus companheiros de palco e quando se aposentara decidira ficar ali mesmo nos Estados Unidos, mais precisamente São Francisco. Ambas garotas eram filhas de Lillian Albert Robers, esta sempre ambicionou o sucesso. Afinal, tinha talento.

Ela era uma conhecida cantora de Nova York, não que não houvesse outras com o mesmo talento na cidade, entretanto ela era agraciada com alguma “sorte”. Sua voz era doce e se encaixava com qualquer ritmo, mas seu tema preferido era o romântico. Era uma romântica incurável. Suas músicas normalmente eram calmas, lentas e as vezes sensuais, mas sempre feministas.

Seu hit de sucesso era “Oh sun”, onde declamava seu caso com o deus Apolo ao mundo. A mulher era quase uma louca! Não ligava para as filhas, após ter sido abandonada pelo deus ficou obsessiva pela fama, achava que ele voltaria para ela se virasse uma grande cantora. A loucura era tanta que sequer pensara em proteger as filhas dos monstros que o deus havia avisado a ela. Afinal ele zelava por sua prole e de certa forma, amava todas com quem tinha se relacionado até agora. Ela praticamente gritava “Ei, minhas filhas são semideusas fresquinhas, venham jantá-las. Não me importo com as fedelhas!”.

E foi exatamente assim que ocorreu o primeiro “incidente”. Veronika nunca soube dizer exatamente o que ocorreu naquelas férias de 2008. Ambas tinham 12 anos, mas Elizabeth sempre fora uma menina que odiava seguir regras. E vivia fugindo à noite para ir festejar com os amigos.

“Veronika olhou para a irmã que fugia pela sacada do quarto, a loira revirou os olhos diante tamanha falta de senso da irmã que saia escondida da avó.
- Vai fugir de novo?
- Sim, Nick. Por que sempre pergunta? Já sabes a resposta! Volto antes da vovó acordar, não me espere! – sussurrou e abraçou a irmã. Abriu a porta da sacada e desceu pela escada de corda que tinha sido colocada ali justamente para situações como aquela.

- Isso é tão problemático... – sussurrou a garota para si antes de fechas os olho e se entregar nos braços de Morfeu.”


No dia seguinte foi um horror. Elizabeth não havia chegado e quando deu-se conta, ela estava morta. O corpo havia sido encontrado na clareira da floresta que cercava a casa. A avó não deixou que Veronika visse o corpo, não queria que a neta tivesse essa última lembrança da irmã. Com o tempo a velha senhora passou a ficar preocupada, temia pela única neta restante. Veronika logo notou, podia ser preguiçosa mas não era lerda.

E antes mesmo do corpo da irmã ser sepultado, a loira foi mandada para a casa da mãe, em Nova York. Não sem companhia, claro. A velha senhora Robers sabia bem o que fazia, era velha mas conhecia as coisas do mundo. Afinal, também era um semideusa, filha de Afrodite. Mandou com a pequena um filho de um velho conhecido, Richard um sátiro. Lillian nem ligou. Estava no auge da carreira, prestes a ganhar um importante prêmio. Veronika cresceu vendo a mãe atingir o sucesso. E queria brilhar também.

Passou a trabalhar em um teatro, próximo a sua casa. Era bailarina e vivia fazendo peças, o seu sucesso começou com a famosa peça do lago dos cisnes. Mas ela queria ser uma cantora, tal qual a mãe. Então tentou a sorte em uma rádio com a única música que ela admirava, composta pela própria mãe. “Oh sun” era uma bela música, mas ficava ainda mais bela com a voz de Veronika. O hit estourou, fez sucesso. Até demais.

Numa manhã calma, quando ela tinha 16 anos, ela e Richard foram atacados enquanto iam ao parque. O seguinte permanece vago em sua mente. Ela sabia que eram harpias mas não se lembra exatamente do que aconteceu. Lembranças vagas mostram uma luz intensa, Richard com pernas de bode e alguém a levando para um carro. Acordou dois dias depois em seu aniversário de 17 anos. Estava no acampamento meio-sangue. Estava à salvo.

Armas Escolhidas


- Adaga de Bronze (Item de reclamação)
- Escudo de Bronze (Item de reclamação)
- Saquinho de Ambrosia 100g (Item de reclamação)
Eu, Veronika Albert Robers, concordo com as regras e politicas de privacidade do The Olympian Code e me comprometo a segui-las.
Thanks Ártemis @The Olympian Code

Mensagem por Veronika A. Robers em 17/12/13, 10:54 pm

Veronika A. Robers
avatar
Proles de Apolo
Proles de Apolo

Warm :
Mensagens : 55
Data de inscrição : 16/12/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha de Reclamação

Aprovada.

Mensagem por Ártemis em 18/12/13, 08:45 am

Ártemis
avatar
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana

Warm :
Mensagens : 35
Data de inscrição : 05/11/2013

Ficha do personagem
Vantagens :
Desvantagens:
Itens do Personagem:

http://theolympiancode.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum